Nove anos a Escrever Escrever


21h30 | Bar do Teatro “A Barraca” | Largo de Santos | Lisboa
Entrada Livre

Venha escrever, nove linhas se lhe apetecer.
Venha brindar connosco.
Venha festejar.

 


Escrever Escrever | 9 anos, 9 linhas

Nove vezes fora, nada
Nove vezes dentro, tudo
Tudo ou nada, nada ou tudo

Nado, nado, nado contra a maré
Nado-vivo, há nove anos, nado de costas, sem medo, olhos abertos postos no céu
Nado e ando, troco as letras, troco a roupa, tiro os sapatos, mas não perco o pé

Nove anos, duas mãos quase abertas
Nove meses, já nasceu, e recontrói-se o nada de dentro
E não fica nada, nada, mas apenas tudo por dizer.