Por entre e-mails, sms, posts e tweets, a escrita de cartas anda perdida à procura do seu lugar. Talvez, sendo raras, as cartas se tornem agora ainda mais valiosas e significativas. Talvez se possam reinventar e ganhar um novo papel na expressão das emoções e afetos. Talvez haja ainda espaço para uma comunicação orgânica, pessoal e mais autêntica.

No dia 14 de fevereiro, dia de São Valentim, vamos aprender a arte de bem escrever uma carta de amor. Pode vir sozinho(a), ou trazer o(a) destinatário(a) da sua carta para a ler.

Cartas de amor | dia 14 de fevereiro | 10h às 18h