zzz seta
«Um escritor deve acreditar que o que está a fazer é o mais importante do mundo.», John Steinbeck.
A frase de Steinbeck deu o mote: o que faz o escritor. Pode-se fazer o guia, a tábua de regras da escrita? Ou em cada texto, estão já as instruções?
Voltando ao real, os textos prescritivos são um excelente pretexto para escrever e, desde o início, tiveram lugar nas nossas oficinas. Nesta sessão voltámos aos textos de Cortázar e espreitámos poemas de João Luís Barreto Guimarães, Vicente Piqueras e Neil Gaiman.
Estes foram os textos que criámos.

 

Sentes-te sozinho?
Triste?
Deprimido?
tens saudades dos tempos da escola?
Precisas de te conectar mais com as pessoas
Precisas de amigos.

Primeiro passo para fazer uma amizade
Olha-te bem no espelho.
O que vês?
Não tenhas receio, medo
Abre bem os olhos
Não vejas só o reflexo
Procura mais fundo dentro de ti

Segundo passo
Olha à tua volta
Que pessoas vês?
Quem são?
São diferentes de ti?
São parecidas contigo?
De que gostam? De que não gostam?
Não fiques pela superficialidade
Não te deixes enganar pelo preconceito

Aproxima-te com um sorriso
Um sorriso poupa palavras
Quebra barreiras
Abre portas
Abre vidas noutras vidas

Sandra Martins


Instruções para lavar as mãos
Em Roma no ano 33, Pilatos pediu um púcaro de água que verteu sobre as mãos
cobardes que podiam ter salvo o sangue inocente de Cristo.
2000 anos depois, na Rússia, o presidente lava as mãos numa casa de banho
esplendorosa ante o sangue de ucranianos inocentes.
Derretem-se as calotes polares num oceano putrefacto, sobe a temperatura a 50ºC na
Índia e os magnatas lavam as mãos na sua toilette de ouro.
Espalha-se um vírus mortal de oriente a ocidente e os chineses lavam as mãos no
remanso do rio amarelo.
Instruções para lavar as mãos:
- Daltonismo para vermelho sangue
- Um pedregulho no lugar do coração – (esta já dissera D. Pedro I de Portugal dos
algozes de Dona Inês de Castro).

Helena Campos


Instruções para viajar no tempo
Pega num livro, em fotografias de um tempo longínquo e deixa-te levar pelas lembranças, verás que vais fazer uma viagem que te conduzirá pelo passado.

**

Instruções para escrever imagens
Toma o azul do céu e do mar,
O verde de um prado,
O vermelho, o amarelo, o cor-de-rosa das flores...
Usa as palavras que saem do coração para as fixar no papel, assim vais escrever imagens

**

Instruções para conseguir algo
Talvez seja preciso fazer apenas uma coisa: não deixes de sonhar...

**

Instruções para quando é preciso ficar em casa em um dia de festa ou de sol
Abre a janela, respira fundo o ar e deixa que o sol acaricie a tua cara...
Deixa-te levar pelo optimismo e tenta ver a vida com cor-de-rosa, apesar das dificuldades.

Giuseppa Giangrande