Criado no meio de livros e filmes, não seria surpresa que estivesse destinado às Letras – um destino que, academicamente, se manifestou numa licenciatura em Linguística e num mestrado em Tradução.
Como resultado, já trabalhei como legendador (Simpsons, Family Guy, World Poker Tour, [...]) e como tradutor freelancer dos mais diversos tipos de texto. Mais recentemente, dediquei-me à investigação linguística no ILTEC (Instituto de Linguística Teórica e Computacional), nos projetos «Turma Bilingue» e «Escola Multilingue», e à tradução e legendagem de conferências TED.
O gosto pelas Letras fez-me também enveredar pela escrita, campo onde tive a oportunidade de ganhar alguns prémios literários na modalidade de conto e mini-conto. Não os enumero, contudo, pois o género do terror, por todas as suas virtudes, não propicia a aproximação.

Pedro Martins