Escrever letras de canções – Nível I

«Este curso é o verdadeiro “segredo” da escrita de letras. Foi uma óptima cana para começar a pescar! É a resposta para os céticos que duvidam que a nossa língua é bastante cantável. Obrigada.» (Inês Antunes)

«Assemelha-se a ir ao AKI comprar as ferramentas para se conseguir construir algo que se imaginou...» (Paulo Louro)

«Este curso marca o início da minha carreira de letrista!» (Adriana Delgado)

«Para quem escreve música e letras é o melhor abre-olhos que se pode ter!» (Vítor Hugo Francisco)

«Como uma noite louca de amor em que se aprende como o corpo se mexe e as letras e a música se encaixam.» (Sara Helena Rodrigues)

«"Acasalar" a letra e a música não é fácil e o Gimba faz-nos pensar no dilema que é escrever uma canção. Mas ajuda-nos a desconstruir! É um guru.» (Maria Cordeiro)

 

Descrição

 

Agora que já fez o curso Personagens Para Ficção, já deu uma Ensaboadela no Português, já frequentou as aulas de Escrita de Humor, Escrita Erótica, Guionismo, Ficção, Teatro, Drama, Romance de Cordel, Brincar aos Filmes, etc., está na hora da cereja no topo do bolo – o Curso de Iniciação à Escrita de Canções! (Se não fez nenhum dos cursos mencionados, pode começar pela Iniciação à Escrita de Letras Para Canções que ainda é melhor!). Todos os cursos da escrever escrever vão dar ao curso de Iniciação à Escrita de Letras Para Canções, e vice-versa. Ponto. Parágrafo!

E de que consta tão maravilhosa jornada? Em apenas dez horas prepare-se para dominar o português e torná-lo musical e harmónico para a escrita de canções. Porque escrever para canções não é guionismo, não é publicidade, não é jornalismo. É escrever músicas com palavras! Depois de dominar a métrica, a prosódia e as traiçoeiras vicissitudes da língua de Camões e Pessoa (mas também de Quim Barreiros e Jorge Palma), vai ser fácil conseguir a carga poética condizente, uma carga poética a condizer com as ideias brilhantes que os alunos trazem consigo. Contra os canhões, escrever, escrever!

 

 

Objetivos

 

  • Descobrir que escrever letras não é apenas escrever "letras"!
  • Tomar consciência das potencialidades e limitações do português europeu;
  • Conhecer o som das palavras fonética;
  • Aproveitar a musicalidade das palavas prosódia;
  • Como e quando as usar retórica + semântica + métrica;
  • Como as ordenar estruturação;
  • Como as distribuir progressão;
  • Como as dominar conhecimento + prática + estudo + ouvidinhos atentos.

 

 

Conteúdos

 

  • Considerações teóricas sobre escrita de letras para música em português;
  • Títulos e motes;
  • Primeiras linhas escrita sensorial;
  • Turbulência e fluidez escrita dinâmica;
  • Comparações entre inglês e português;
  • Semelhanças e abissais diferenças;
  • Palavras sónicas e temperaturas semânticas;
  • Mecanismos de repetição e memorização;
  • Noções de métrica elementares e avançadas;
  • Sílabas tónicas, subtónicas e átonas com música!
  • Fonética e prosódia o calcanhar de aquiles do português cantado;
  • Metros gregos do alto destas acentuações dinâmicas, 3000 anos nos contemplam...
  • Análise métrica e prosódica de canções-padrão;
  • Formatos, toadas e géneros;
  • As estruturas básicas da canção ligeira/popular;
  • Os três "tês" Técnica, Talento e Trabalho;
  • Evoluções e desenlaces mecanismos de progressão;
  • As fases da escrita;
  • Escrita, reescrita e revisão;
  • Erros e problemas comuns;
  • Fornecimento de recursos (bibliografia/internet, etc.) sobre escrita de canções.

 

 

A quem se destina

 

Esta formação serve músicos e não-músicos. Jovens e adultos com vontade de aprender a escrever letras de canções, usando os truques dos autores de referência e as técnicas utilizadas na maioria das canções «clássicas»; a todas as pessoas (maiores de 16 anos) profissionais, amadores, ou simples curiosos, que tenham interesse em escrever letras/poemas ou saber um pouco mais sobre os mistérios e segredos desta arte milenar; também – obviamente – poetas, autores, cantautores, produtores musicais, responsáveis de artistas e reportório em editoras discográficas, professores e alunos de música, animadores culturais, monitores de ATL, redatores de publicidade, tradutores, supervisores de reportório infantil (TV), etc.

 

 

Edições:

voltar


Copyright © 2014 - Escrever Escrever, Lda.
Powered by: CanalPT